585 15/10/2020 às 20:00

Quem são elas? Seag lança campanha de valorização das mulheres rurais e da pesca

Redação Em Dia ES

A campanha “Quem são elas?” faz parte do Programa Elas no Campo e na Pesca que tem por objetivo principal promover a visibilidade, a valorização do trabalho feminino e a autonomia econômica e financeira das mulheres
  Quem são elas? Seag lança campanha de valorização das mulheres rurais e da pesca. Foto: Divulgação/Governo ES-SEAG
Nesta quinta-feira (15), a Secretaria da Agricultura, Abastecimento, Aquicultura e Pesca (Seag), em parceria com o Instituto Capixaba de Pesquisa, Assistência Técnica e Extensão Rural (Incaper), dá início a uma série de depoimentos das mulheres que fazem a diferença na agricultura do Espírito Santo.  A campanha “Quem são elas?” faz parte do Programa Elas no Campo e na Pesca que tem por objetivo principal promover a visibilidade, a valorização do trabalho feminino e a autonomia econômica e financeira das mulheres.

A campanha foi uma estratégia criada pela equipe responsável pelo projeto para enfrentar essa invisibilidade e debater o tema, mostrando e reforçando a importância e a relevância da atuação feminina no meio rural e na pesca. Ela vai mostrar histórias de vida, relatos e imagens de técnicas da área, agricultoras e pescadoras.

“As mulheres são responsáveis por mais de 50% da produção de alimentos do mundo, também têm um papel fundamental no desenvolvimento da agricultura familiar e da permanência das famílias no campo. Em 2019, atendemos 1.290 mulheres com 700 ações de assistência técnica realizada pelo Incaper e parceiros. Juntos estamos resgatando a autoestima dessas mulheres e mostrando aos capixabas a força e o trabalho grandioso que cada uma desempenha no Estado”, salientou o secretário de Estado da Agricultura, Abastecimento, Aquicultura e Pesca, Paulo Foletto.

"O trabalho realizado pela mulher agricultora ou pescadora não é visto, e tão pouco reconhecido como um trabalho, às vezes, é considerado extensão dos seus afazeres domésticos, uma extensão do seu papel de mãe/esposa/dona de casa, provedora dos cuidados com a família, ou como um modo de ajuda ou complemento ao trabalho do marido", explicou a coordenadora do projeto Elas no Campo e na Pesca, Patrícia Ferraz.

O Censo Agropecuário 2017 revelou que as mulheres são consideradas responsáveis por apenas 19% das propriedades no Brasil. No Espirito Santo, esse percentual cai para 14% das propriedades, sendo que elas representam 47% da população rural. "Isso ocorre, especialmente, devido ao reconhecimento do homem como “chefe da família”, tanto pela sociedade quanto pelas instituições, o que impacta na condição social da mulher. Esse não reconhecimento do trabalho feminino torna-o invisível para a economia formal", ressaltou a coordenadora.

O diagnóstico elaborado no âmbito do projeto “Elas no campo e na pesca: Empreendedorismo, Liderança e autonomia”, ouviu mulheres rurais e da pesca e as profissionais da área do Estado (técnicas agrícolas, engenheiras agrônomas, economistas domésticos, zootecnistas, médicas veterinárias, administradoras etc).

“Identificamos que o problema que mais as incomoda é o fato de a sociedade e as instituições não reconhecerem e muitas vezes não enxergarem seu esforço e a importância do seu trabalho. Essa condição de desvalorização impacta diretamente na autoestima e no desejo das mesmas de continuarem exercendo suas atividades”, disse Patrícia Ferraz.

Acompanhe a campanha “Quem são Elas?” semanalmente, nas redes sociais da Seag e Incaper.
 
 
 

Fique em dia

  1. 1

    1 - Cacau de Linhares é destaque no maior evento de chocolate do Brasil Cacau de Linhares é destaque no maior evento de chocolate do Brasil
  2. 2

    2 - Chuva: prejuízo estimado supera R$ 88 milhões na agropecuária capixaba Chuva: prejuízo estimado supera R$ 88 milhões na agropecuária capixaba
  3. 3

    3 - Idaf apresenta dados do Crédito Fundiário para Conselho de Desenvolvimento Rural Idaf apresenta dados do Crédito Fundiário para Conselho de Desenvolvimento Rural
  4. 4

    4 - Marcos Garcia defende implantação de centro de educação rural em Linhares Marcos Garcia defende implantação de centro de educação rural em Linhares
  5. 5

    5 - Ager promoverá Workshop sobe Segurança de Barragens no próximo dia 04 Ager promoverá Workshop sobe Segurança de Barragens no próximo dia 04
  6. 6

    6 - Cadela da PRF morre de parada cardíaca por causa de fogos após vitória do Flamengo Cadela da PRF morre de parada cardíaca por causa de fogos após vitória do Flamengo
 
 
 
 

Filme em Cartaz

 

BOLETIM

Receba nossas notícias por e-mail.

)
Logomarca