199 05/08/2022 às 19:10 - última atualização 06/08/2022 às 11:39

Espírito Santo tem o primeiro Polo Agroindustrial da Cerveja Artesanal

Redação Em Dia ES

Cervejarias artesanais do ES contribuem com o desenvolvimento de vários setores
Espírito Santo tem o primeiro Polo Agroindustrial da Cerveja Artesanal. Foto Pic.Me/Divulgação
Nesta sexta-feira (05), em comemoração ao Dia Internacional da Cerveja, Viana lança o primeiro Polo Agroindustrial da Cerveja Artesanal do Espírito Santo em um evento aberto ao público. Além do lançamento do polo industrial, os empreendedores contarão também com o lançamento do Programa de Apoio às Cervejarias Artesanais Capixabas (Procerva), elaborado pelo Banco de Desenvolvimento do Espírito Santo (Bandes), em parceria com a Prefeitura. O objetivo do programa é desenvolver ainda mais a economia de empresas alinhadas ao mercado de cervejarias artesanais.
 
Na Cervejaria Else, primeira cervejaria artesanal capixaba a obter registro no Ministério da Agricultura, o Bandes e a Prefeitura de Viana assinam um protocolo de intenções para implantação de empresas interessadas em ocupar o polo, com aproximadamente 12 mil metros quadrados. No local está prevista a instalação de quatro cervejarias, inicialmente, nas regiões de Pedra da Mulata, Araçatiba, Jucu e Jacarandá, todas áreas rurais do município.
 
Com o Procerva, será oferecido um pacote de linhas de crédito para atender a todas as necessidades das empresas deste setor de bebidas, tanto de investimento quanto de capital de giro, com condições atrativas para a implantação das empresas.
 
A data comemorativa relembra que as cervejas artesanais, diferentemente das bebidas produzidas em grande escala pela indústria, são conhecidas por terem variedade de cores, aromas e gostos, contando com várias possibilidades para os paladares dos mais variados tipos de clientes. Assim, o setor de produção artesanal conta com mais espaço e alternativas para inovação e crescimento dentro do mercado, fomentando também o desenvolvimento de outros setores próximos, como o turismo e serviços. 
 
De acordo com o prefeito de Viana, Wanderson Bueno, a instalação poderá proporcionar a abertura de empregos e a geração de renda para a economia regional e estadual. “Viana vai propor financiamento e assistência técnica para a implantação dos campos de lúpulo e malte. O Polo terá resultados a curto prazo de, no máximo dois anos, ajudando o Estado e o município a retomarem sua economia pós-pandemia. A intenção é gerar, de imediato, 300 empregos diretos e indiretos”, afirma o prefeito.
 
Para o diretor-presidente do Bandes, Munir Abud de Oliveira, as cervejarias podem servir de âncora para a instalação de outros negócios. “Podem vir a reboque da instalação do Polo oportunidades para pousadas, restaurantes, agroindústria, laticínios e outros. Por isso, a ideia é dar celeridade aos financiamentos e analisar possíveis outros equipamentos à medida que as cervejarias comecem a atuar na localidade”, explica.
 
Com o Procerva, linhas de apoio ao Turismo e Inovação podem ser acionadas para que as empresas da região tenham mais apoio para a formatação de uma cadeia produtiva. “A adoção de programas especiais como esse permite que o banco faça atendimentos exclusivos, mais ágeis e mais focados no tipo de empresa atendida e em suas necessidades”, complementa o diretor-presidente.
 
As possibilidades de reinvenção e a criatividade constante para aquisição de novas sabores de bebidas coloca os negócios das microcervejarias em evidência no mercado, com expectativas positivas para o crescimento, possibilitando um ótimo momento de investimentos para os empreendedores, como a compra de novos equipamentos, maquinas e a ampliação de estabelecimentos.
Para além das cervejarias artesanais
 
Além do Procerva, o Bandes e a Prefeitura de Viana assinarão um termo de adesão para o lançamento do Fundo de Aval Bandes para Viana, que agirá como um produto exclusivo do município para apoiar as empresas da região. O recurso que chega para prestar suporte aos empresários vianenses é fruto de uma integração de R$ 3 milhões ao Fundo de Aval Municipal do Bandes realizada por Viana, que ao fazer este aporte, tornou-se cotista do Fundo por meio do montante injetado com destinação única aos vianenses.
 
Esta é uma ferramenta para que a prefeitura viabilize o acesso aos recursos das linhas de crédito para as empresas. O aval, formalizado pelo fundo, concede a garantia e se compromete com uma parte do financiamento. Dessa forma, empresas do município, em especial as de menor porte, têm mais facilidade para a contratação de recursos destinados à modernização, ampliação, investimento em inovação e capital de giro.
 
 
 

Fique em dia

  1. 1

    1 - MPF recomenda que WhatsApp adie lançamento da ferramenta Comunidades no Brasil MPF recomenda que WhatsApp adie lançamento da ferramenta Comunidades no Brasil
  2. 2

    2 - Feto é encontrado em estação de tratamento de esgoto no Norte do ES Feto é encontrado em estação de tratamento de esgoto no Norte do ES
  3. 3

    3 - Polícia mineira investiga participação de PM de Linhares em invasão a uma fazenda em ... Polícia mineira investiga participação de PM de Linhares em invasão a uma fazenda em ...
  4. 4

    4 - Estelionatos são mais da metade dos crimes contra o patrimônio no ES Estelionatos são mais da metade dos crimes contra o patrimônio no ES
  5. 5

    5 - IBGE divulga primeiro levantamento sobre homossexuais e bissexuais no Brasil IBGE divulga primeiro levantamento sobre homossexuais e bissexuais no Brasil
  6. 6

    6 - Polícia prendeu suspeito de matar o namorado da ex-esposa em Linhares Polícia prendeu suspeito de matar o namorado da ex-esposa em Linhares

Enquete

Resultado

Você sabe diferenciar uma fake news?


  • Sim
  • Não

 
 
 
 

Filme em Cartaz

 

BOLETIM

Receba nossas notícias por e-mail.

)
Logomarca